candidaturas-ensino-superior-universidade

Terminou mais um ano escolar e as candidaturas ao ensino superior para o ano 2011/2012 vão decorrer num conjunto de 3 fases, entre 21 de Julho e 14 de Outubro de 2011.

As candidaturas são feitas online, sendo obrigatório que o candidato tenha realizado e obtido aproveitamento nas provas de ingresso para os cursos a que se candidata.

Em 2011, as candidaturas ao ensino superior vão iniciar um pouco mais tarde devido ao alargamento das datas de realização dos exames nacionais para o ano lectivo 2011/2012.

.

Candidaturas ENSINO SUPERIOR 2011/2012

1ª Fase

    • Entre 21 de Julho e 17 de Agosto – Apresentação da candidatura;
    • 19 de Setembro – Divulgação da lista das colocações.

.

2ª Fase

    • Entre 19 e 30 de Setembro – Apresentação da candidatura;
    • 6 de Outubro – Divulgação da lista de colocações.

.

3ª Fase

    • Entre 6 e 14 de Outubro – Apresentação da candidatura;
    • 19 de Outubro – Divulgação da lista de colocações.

Veja o Calendário Geral do Acesso ao Ensino Superior 2011, com os prazos para inscrição, realização de exames e afixação dos resultados dos exames nacionais e divulgação das colocações.

.

Quem pode candidatar-se à 1ª Fase

    • Os alunos que tenham concluído o ensino secundário ou equivalente;
    • Os alunos que tenham realizado as provas de ingresso exigidas e tenham obtido uma classificação mínima de 95 pontos, numa escala de 0 a 200 (as provas devem ser realizadas no ano em que o aluno faz a candidatura ou nos 2 anos anteriores);
    • Os alunos que preencham os pré-requisitos (aquando da exigibilidade dos mesmos).

.

Quem pode candidatar-se à 2ª Fase

    • Os alunos que não foram colocados na 1ª fase;
    • Os alunos que foram colocados na 1ª fase mas que tencionam mudarem de curso;
    • Os alunos que tenham realizaram as provas de ingresso na 2ª fase e que tenham reunido as condições para a candidatura, após a 1ª fase.

.

Quem pode candidatar-se à 3ª Fase

    • Os alunos que não preencherem todos os requisitos após a 2ª fase;
    • Os alunos que tencionarem mudarem de curso.

As vagas para 3ª fase só são abertas se as que foram colocadas à disposição na 1ª e 2ª fase não forem preenchidas.

.

Classificação mínima exigida na candidatura

    • Os alunos devem obter uma classificação mínima de 95 pontos, numa escala de 0 a 200, para que possa candidatar-se ao ensino superior.

.

Máximo de cursos a que se pode candidatar

    • Em cada fase o candidato pode seleccionar até 6 cursos ou estabelecimentos de ensino, devendo indicar por ordem decrescente a sua preferência.

.

O que é necessário para apresentar a candidatura

    • Senha para registo no site (deve ser solicitado na escola onde realizou as provas de ingresso);
    • Boletim de Candidatura Online;
    • Fotocópia do Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão/Passaporte;
    • Ficha Enes emitida pelo estabelecimento de ensino, no ano da candidatura;
    • Indicação na Ficha Enes da chave de activação que comprova a satisfação e/ou realização, conforme os casos, dos pré requisitos, se exigidos, para os pares estabelecimento/curso a que concorre dos Grupos C, G, I, K, M, P, R, V e Y. Os pré-requisitos dos restantes Grupos A, B, D, E, F, Q e X, por serem de comprovação meramente documental, são entregues pelo candidato no acto da matrícula e inscrição no ensino superior;
    • Outros documentos, exigidos pelas Instituições a que se candidata ou que comprovem a situação em casos de regimes especiais.

DEIXE UMA RESPOSTA