entrevista-emprego

As experiências práticas são cada vez mais solicitadas aos jovens que terminam os estudos. Este tipo de experiência profissional também é muito interessante para as empresas.

Em muitas ocasiões, converte-se num processo de selecção de pessoal já que o universitário tem possibilidade de mostrar os seus conhecimentos e habilidades na realidade do mercado de trabalho.

O estudante, graças a esta experiência, adquire conhecimentos mais práticos e pode aceder mais facilmente a um posto/lugar.

O trabalho nos estágios oferece a possibilidade de aplicar os conhecimentos adquiridos nas aulas, ver a situação real do mercado de trabalho e ser um ponto de referência para as próximas procuras de emprego.

.

Bolsas para universitários

Os alunos nos últimos anos de curso tem várias possibilidades para entrarem no mercado de trabalho. Uma prática comum é que as universidades assinem convénios/acordos/protocolos de colaboração com as empresas para que estas ofereçam um primeiro emprego aos seus alunos.

.

Estágios de verão

No que diz respeito aos programas de estágio no estrangeiro existem organizações específicas encarregues da sua gestão. Destaque para a IASTE, dirigida aos estudantes dos ramos científicos e técnicos. A duração destes programas costuma ser entre 6 e 12 semanas e normalmente nos meses de verão.

FONTE: UNIVERSIA.PT

DEIXE UMA RESPOSTA