aceitar emprego

Numa oferta de emprego em que esteja a ponderar aceitar mas ainda tem certas dúvidas é importante fazer as perguntas certas na altura certa pra avaliar corretamente a proposta que tem em mãos.

Saiba quando que deve sentar e questionar bem antes de dizer sim!

O processo de recrutamento serva tanto para avaliar os candidatos ao cargo como para os candidatos obterem toda a informação sobre a entidade. Reunir toda a informação sobre a oferta de emprego é extremamente importante para entender se esta vaga se adequa às suas expectativas.

Para o ajudar a tomar a decisão acertada, antes de aceitar um emprego há uma série de perguntas que deve colocar.

Perguntas que deve responder antes de aceitar um emprego

É normal que ao ser selecionado para um novo emprego se sinta animado e tentado a dizer de imediato que sim, principalmente se já está à procura de emprego há algum tempo. Mas este entusiasmo pode induzi-lo em erro.

A verdade é que, ainda que tenha sido selecionado para ocupar uma posição, isso não significa que deva aceitar essa oferta de emprego.

Há várias questões que deve colocar e que o vão ajudar a perceber se a proposta é ou não vantajosa para si, se vai (ou não) ao encontro dos seus objetivos e metas profissionais ou se, simplesmente, se vai sentir realizado profissionalmente. Para chegar à decisão só precisa de responder a algumas questões.

A oferta adequa-se ao que foi acordado?

Antes de aceitar um proposta de emprego acerta sempre tudo primeiro, como as questões salariais, os horários a cumprir, os descansos semanais, as férias e respectivo  subsidio, horas extras, alimentação, transporte, estas são algumas das mais importantes.

São detalhes que têm de ficar bem assentes antes do aperto de mão final. . Só assim pode garantir que você e a entidade empregadora estão de acordo e prontos para começar a trabalhar em conjunto.

É mesmo este trabalho que quer?

Sim! Esta pergunta deve ser colocado porque muitas vezes o tempo de desemprego leva-nos a candidatar-nos a todas as vagas que aparecem e nem sempre é a decisão mas acertada.

Se foi o candidato demonstra que os recrutadores acham que tem o que é preciso para fazer este trabalho. Mas informe-se sobre todos os detalhes das funções que lhe serão atribuídas e na rotina diária que terá que cumprir para perceber se realmente se imagina a fazer este trabalho ou não.

A posição é interessante ou desafiante?

Existem pessoas que o trabalho tem de ser um desafio senão não faz sentido para elas. Se se enquadra neste tipo de pessoas e precisa de  se sentir constantemente desafiado para se manter motivado esta questão não pode faltar na sua lista.

Assegure-se que é capaz de fazer o trabalho, mas que tem a dose certa de interesse ou desafio para o manter entusiasmado.

Tem perspectivas de evolução?

Todos nós temos a ambição de subir na carreira e ainda bem que assim é.

Assim sendo analise primeiro se esta proposta lhe oferece essa possibilidade de crescimento profissional. Tente obter essa informação “sondando” os recrutadores sobre casos de outros profissionais que tenham ocupado a mesma posição.

Enfim, o importante é que não se deixe levar pelo entusiasmo inicial e que pondere as suas possibilidades antes de dizer que sim. Só assim pode entrar com o pé direito, caso decida aceitar.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO...