Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), os inquéritos à população no próximo ano para os Censos 2011, vão implicar o recrutamento de 30 mil pessoas para os trabalhos de campo em todo o território português.

A recolha de dados no terreno deve começar entre Março e Abril de 2011 e serão um ‘balão de oxigénio’ para o mercado laboral em Portugal.

Irão ser necessários colaboradores para as funções de recenseador, coordenador de freguesia, delegado municipal e delegado regional.

Os recenseadores serão o número mais significativo de pessoal a recrutar, cabendo-lhes o contacto directo com a população.

«As restantes funções possibilitam o enquadramento, supervisão e coordenação de toda a cadeia de recolha», explica a mesma fonte do organismo responsável pelas estatísticas em Portugal.

.

REQUISITOS GERAIS PARA AS FUNÇÕES DELEGADOS REGIONAIS E MUNICIPAIS DO CENSOS 2011

    • Habilitações académicas preferencialmente ao nível da licenciatura;
    • Idade superior a 25 anos;
    • Disponibilidade a tempo completo, incluindo em fim-de-semana sempre que necessário;
    • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
    • Capacidade de coordenação, de comunicação e de motivação de equipas de trabalho;
    • Qualidades: rigor, método e facilidade de adaptação a contextos diversificados;
    • Bons conhecimentos da realidade local da zona geográfica para a qual se candidata;
    • Dispor de transporte próprio.

.

FUNÇÃO DELEGADOS REGIONAIS (M/F) – REF. 1 – CONCURSO ENCERRADO

    • Coordenar a actividade censitária num conjunto de 3 a 5 municípios (consoante a respectiva dimensão), de acordo com os procedimentos estabelecidos;
    • Articular, com os responsáveis autárquicos da sua área de competência, as acções necessárias à correcta execução da operação e ao cumprimento dos seus prazos;
    • Colaborar no processo de recrutamento e selecção dos Delegados Municipais, assegurar a sua formação e proporcionar-lhes a assistência técnica necessária;
    • Colaborar no processo de recrutamento e selecção de recenseadores, coordenadores e subcoordenadores de freguesia;
    • Acompanhar a execução da operação censos 2011 e supervisionar os trabalhos de campo na sua área de intervenção, de acordo como os procedimentos estabelecidos.

.

FUNÇÃO DELEGADOS MUNICIPAIS (M/F) – REF. 2 – CONCURSO ENCERRADO

    • Coordenar a actividade censitária no município que lhe foi atribuído;
    • Colaborar no Recrutamento, Selecção e Formação dos elementos que compõem a restante estrutura de coordenação concelhia, assegurar a sua formação e proporcionar-lhes a assistência técnica necessária;
    • Acompanhar a execução da operação censos 2011 e supervisionar os trabalhos de campo na sua área de intervenção, de acordo como os procedimentos estabelecidos;
    • Executar os procedimentos administrativos associados à contratação e gestão dos colaboradores e à realização da operação no terreno, de acordo como os procedimentos estabelecidos.

.

CONDIÇÕES

    • Contrato de Prestação de Serviços durante o período de Janeiro a Junho de 2011;
    • Formação adequada ao exercício das funções.

.

REQUISITOS FUNÇÃO RECENCEADORES (M/F) – CANDIDATURAS A DECORRER

    • Habilitações literárias equivalentes no mínimo ao 3º ciclo do ensino básico (9º ano);
    • Disponibilidade horária adequada ao exercício da actividade, incluindo final do dia e fins-de-semana;
    • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador (preferencial);
    • Dispor de computador com ligação à Internet (preferencial);
    • Dispor de telemóvel;
    • Conhecer bem a zona geográfica para a qual se candidata.

.

Requisitos legais para a realização do contrato de tarefa, em regime de prestação de serviços

De acordo com a legislação especial aprovada para os Censos 2011 (Decreto-Lei nº 226/2009, de 14 de Setembro), o pessoal a contratar está sujeito, para efeitos fiscais, aos seguintes requisitos (artigo 14º deste diploma):

a) Se estiver colectado: Emissão de recibo modelo nº 6 (recibo verde);

b) Se não estiver colectado: Assinatura de recibo e de declaração (modelos disponibilizados pelo INE) de que não exerce, com carácter regular, qualquer actividade económica susceptível de enquadramento no regime normal de tributação do IVA e de que não se encontra registado para efeitos de IVA.

.

CANDIDATURAS

A apresentação das candidaturas para recenseadores pode ser efectuada entre os dias 3 e 31 de Janeiro de 2011.

O processo de selecção iniciar-se-á a partir de 15 de Janeiro de 2011.

.

Se cumpre todos os requisitos e pensa que possui um perfil adequado a uma das funções – CANDIDATE-SE AQUI

Mais contactos e Informaçõeshttp://censos.ine.pt ou [email protected].

100 COMENTÁRIOS

  1. Boas,isto e vergonha,a gente ta falar da fichas candidaturas,isto e em todo lado,nos
    desempregados vamos aqui e a qua la meter fichas em todo que e lado(eles so dizem nos vamos contactar para entrevista)e passado meses a entrevista foi-se,eu que tenho muitos espaços comerçiais a beira de casa(na maia-porto)tenho jumbo radio popular izi macdonalds staples ja meti fichas em tudo e nada,e depois pedem com experiencia eu que tenho 22 anos como posso ter experiencia naquilo,ou pedem 12 ano,mas a certas pessoas como eu(9 ano) nao conseguiram acabar estudos por falta de verbas dos pais e tiveram que ir trabalhar cedo,acho que pessoas como eu,podemos nao ter escolaridade que eles pedem ou experiencia mas nao somos burros de todos se eles nos ensinarem 2/3 dias a gente passa a saber a fazer aquilo,mas agora as empresas nao querem ensinar querem e pessoas ensinadas,mas nao se lembram que para estar onde estao tambem passaram por baixo.e tudo

  2. Na cida de de chaves a maior parte dos recenceadores são os funcionário da Câmara Municipal!!! Trabalham de manha na Câmara e de tarde vão para os censos!!! è uma vergonha!!! No final das contas recebem o ordenado da câmara mais o dos censos!!! E desempregados que se candidataram nem resposta obtiveram!!! è o país em que vivemos, cheio de tachos!!!!

  3. Em cinfaes na freguesia de moimenta uma habitante da terra a trabalhar na segurança social é que anda a fazer esse serviço……

    São sempre os mesmos

  4. Boa Tarde

    Por acaso alguém sabe se os recenseadores ganham apenas com os questionarios que são preenchidos? E as casas que estao vagas? Também recebem alguma coisa dessas casas??

    Obrigada

    • boa tarde
      os vagos também são contabilizados,
      uma vez que também preenche a capa de edifício e georeferencia estes edifícios.
      excepto se estiverem em ruínas ou ainda por terminar de construir.

      cumprimentos

  5. Aqui na zona no concelho de RIBEIRA DE PENA (Vila Real) quem anda a fazer os censos são todos funcionários da Câmara Municipal de Ribeira de Pena.É UMA VERGONHA com tantos desempregados que há.

    • @Tó, Tem toda a razão no que está a dizer.
      Pelo pequeno conhecimento que tenho no assunto é pena é não haver intressados que estão no desemprego(houve sitios que os próprios coordenadores tiveram que ser eles a fazer porque houve pessoas que desistiram e não tinham mais gente para colocar). a vergonha que se passa no nosso país com o desemprego é maior parte pelas pessoas procurarem empregos em vez de trabalho…

  6. Pois eu já preenchi questionário… ou seja é uma perda de dinheiro em papel e recenseadores, se investisem nos jovens que andam para ai mendigar nas ruas. por exemplo, investir em formação com bolsa era coisa mais certa, (Idiotas).

    • @Pedro, Jovens a mendigar para droga??? ou jovens que pensam que so por estarem na cama a dormir e a ver Tv ou jogar playstion tambem deviam ganhar dinheiro???

  7. Boa tarde,estou a receber subsidio de desemprego e ja sei que terei que desistir do mesmo caso seja aceite para recenceador,ate aqui tudo certo,o meu problema é saber o que esta contemplado neste momento nos estatutos da segurança social para o caso de nova reactivação visto que temos que assinar um tal de recibo branco….poucos ou nenhuns funcionarios da dita instituição me souberam responder apesra de ja terem houvido falar nesse tal recibo….segundo o que me foi informado ja por outras pessoas,temos que assinar um contrato mas e no fim,sera que dão tambem uma carta de despedimento para apresentar novamente para reabrir o processo????……A minha questão é tão somente esta,alguem realmente ja obteve uma resposta concreta sobre este assunto em que me possa esclarecer se vale a pena aceitar a proposta caso seja aceite???….Que documentação podera a vir ser necessaria pa esta caso????

  8. Meus amigos, este país é para “afilhados” e “amigos”. Candidatei-me a Recenseador, fui à primeira prova de selecção e fui seleccionado. Fiz a formação no passado dia 21 e 22 de Fevereiro. Sou de Serpa e pertenço à Freguesia de Salvador,e a coordenadora de freguesia, presente nessa formação, fazia perguntas tão estúpidas, pois nem sequer a senhora sabia o que era uma placa, a placa de uma casa, ou então se uma GARAGEM PÚBLICA NUM TERRENO PRIVADO deveria ser recenseada????? UMA GARAGEM PÚBLICA NUM TERRENO PRIVADO??? Alguém tem uma? Isto é completamente absurdo, e apenas demonstra a sabedoria da criatura, e não só, ela até pode ser licenciada (como requisito necessário para o cargo que ela exercerá), mas é pela universidade da farinha amparo!!! Como é óbvio não fui seleccionado para recenseador, não admira, presentes comigo estavam funcionários e filhos de funcionários da Camara Municipal de Serpa! Eu não trabalho para a Camara, nem tenho padrinho! Enfim, mais uma vez se demonstra a todos que este país chegou a um ponto MISERÁVEL e NOJENTO! Mas merecemos isso,pelo menos levamos nas orelhas,reclamamos, mas na verdade não fazemos rigorosamente nada para mostrar que BASTA!

    • Caro Pedro,
      no concelho onde Vivo “Nelas”, todos os recenseadores são familiares das pessoas que estão á frente das juntas de freguesia do Concelho ou então da Camara Municipal.

      Ou é a filha do presidente de determinada junta, ou filha do Secretário da Junta… O que me custa mais no meio disto tudo é saber que ouve centenas de pessoas a faltar ao trabalho durante 1 ou 2 horas para nada! Foi tudo uma fantoxada! E também das pessoas desempregadas… que tinham disponibilidade total… e para essas pessoas este trabalho mesmo sendo temporário dava-lhes muito geito. Enfim.. é este o País que temos! Bando de corruptos… Antes ainda disfarçavam… agora fazem isto à frente de tudo e todos sem sequer se preocuparem com isto… È um país sem lei…

    • @Pedro Alves, Acho que todas as pessoas na mesma situação deste senhor merecem reclamar.Ter argumentos e teres esforçado para consigar um trabalho,é de louvar.Agora vir para a Internet vir dizer coisas sem anexo nenhum discordo.
      Devemos apoiar pessoas como o Sr.Pedro Alves,lutar pela igualdade de direito. As pessoas preferem aquelas manifestações que se fazem em Lisboa pelos futuros doutores, engenheiros,etc… e não conseguem ver que todos aqueles que se manifestaram tinham um I-Pod no bolso,vão 7vezes por semana a uma discoteca e quem sofre é o pobre dos pais que se fartam de trabalhar para serem doutores e eles fazem manifestações. Ajudar a desenvolver Portugal, e agir contra as igualdades que passamos todos os dias sem ter medo de dar a cara por elas e ajudar os que realmente precisam. Em Portugal não precisamos de coitadinhos que isso ja não existe precisamos de pessoas para lutar a favor da igualdade de direito independentemente da classe social. Reclame Sr.Pedro Alves e comece a fazer a diferença tem todas as justificações para poder Reclamar por RAZÂO!!!!

    • @Pedro Alves,
      Pedro parece-me que andas um pouco baralhado….eu fui selecionada para recenciadora por Salvador em Serpa, fiz a formação e o serviço de recenciamento e não pertenço nem nunca hei-de pertencer à camara. Sou de Lisboa e estou há 11 anos em Serpa. Há 10 anos inscrevi-me e fiquei também selecionada…parece-me que tem mesmo a ver com as provas prestadas. Para mim este trabalho caiu do céu pois estou desempregada e como não tenho padrinhos nunca me batizo nesta terra!

      • Pois eu baptizei-me nesta terra, os meus padrinhos são de Serpa,porém não pertencem ou tem alguém que pertence à Junta ou à Câmara Municipal. Se foi seleccionada como recenseadora ( e trato-a por você por respeito) deverá ter estado presente na formação. Saberá também, creio eu, que de todos os recenseadores presentes e seleccionados para essa formação, da freguesia de Salvador, 1 ou 2 ficariam suplentes. Porém foram excluídas 3 pessoas, e encontravam-se até há bem pouco tempo no arquivo municipal, situado no edifício da biblioteca de Serpa (respeitantes à freguesia de Salvador), 3 contratos por assinar. O que lhe fizeram não sei, a quem pertenceriam também não faço ideia. Agora que algo estranho se passou, disso pode ter a certeza. Tentarem deitar areia para os olhos das pessoas podem  fazê-lo, deixar-se-à “embrenhar” quem quiser. As provas dirão muito pouco sobre os recenseadores, pois, como todos nós sabemos, a freguesia de Salvador foi das mais atrasadas em termos de trabalho, além de que, trataram mal cidadãos (nomeadamente um senhor viúvo, que vive sozinho perto da farmácia Oliveira Carrasco,junto ao mercado municipal, a quem preenchi os papéis). Ora aqui se vê o profissionalismo, a veracidade das provas e a capacidade de trabalho de cada um.
        Só para terminar, liguei para a junta de freguesia de Salvador depois de terem sido apresentados os recenseadores, pois NINGUÉM se dignou a informar quem ficaria suplente. A funcionária da junta ficou com o meu contacto e transmitiu a questão à coordenadora de freguesia, para mais tarde me contactar. Até hoje espero esse contacto. Ora aqui se tem mais uma prova de profissionalismo, capacidade e inteligência. 
        Cumprimentos

        • @Pedro Alves, Boa tarde Pedro. A unica coisa que quis deixar clara com o comentário que lhe deixei foi que nem toda a gente que ficou como recenciador tem conhecimentos dentro da camara ou junta de freguesia….quando não conhecemos as pessoas não podemos afirmar que são algo que não sabemos. Eu nunca tive nenhum vinculo com a camara ou com alguém que faça parte da mesma. Sim, estive na formação (se fiquei como recenceadora tive de estar)….Estava o Carlos, o António Zé, EU, a Silvia Sargento, a Teresa, o Pedro, o Miguel, a Maria João, a Susana, a Silvia Cruz, outra rapariga que não me lembro o nome e a Teresa Ferreira (tudo por odem de mesa, pode haver troca entre o Pedro e o Miguel). Depois estavam as senhoras de Vale de Vargo.
          Não posso responder porque não ficaram seleccionados porque não sei. Também não vou comentar nada relativamente ao trabalho da coordenadora ou dos meus colegas, por motivos de ética.
          A unica coisa que posso dizer é que fiquei com metade de Santa Iria e o Loteamento da Cruz Nova. Não fui mal educada com ninguém e preenchi muitos questionários a quem não os sabia fazer. O meu serviço foi todo entregue na Junta de Freguesia no dia 19 de Abril à tarde (a data de entrega sem penalizações era até dia 24 de Abril.)
          Não tenho nada contra si e peço desculpa se o ofendi por deixar claro que não tenho nada a ver com a camara!
          Fique Bem

  9. Vergonha!!!!!!!!!! Seleccionam pessoas que já têm 1 emprego, enquanto existem tantos desempregados no país!!! E que tal colocar as pessoas que estão a receber o subsídio de desemprego a fazer os Censos. era algum que poupavam nestes tempos de crise :(((

    • boa tarde.. eu sou recenseadora dos censos 2011.. quando vi as candidaturas n m enscrevi pk ja tenho um emprego e davam preferencia a desempregados e estudantes.. a verdade é k dos 22 lugares disponiveis so s candidataram 3 desempregados e 5 estudantes.. estranho, no minimo.. mas a verdade é k da menos trabalho estar em casa a receber o subsidio k andar de porta em porta durante 5 semanas…

  10. Boa tarde,

    Eu também me candidatei, mas até agora não recebi nenhuma resposta… eles dizem algo mesmo quando a pessoa não é seleccionada?

    Outra questão, é possível voltar a ver a nossa ficha de candidatura?

  11. Ainda existe mais uma cargo nos censos com o nome de Renqueridor.
    Vai no final fazer algumas perguntas a um numero determinado de alojamentos para se confirmar se alguém lá esteve.

  12. Estive a ver os comentários de algumas pessoas…e muitas delas falam em entrevista e e provas…a mim o ine telefonou-me à poucos dias a perguntar se tava disponivel para ir a uma formação de 2 dias…será que ja fui selecionada??…é que nunca pensei em ser selecionada visto não cumprir um dos requisitos (o da idade) e nunca participei num processo deste genero…ja agora alguem sabe-me dizer quanto recebemos e quando começa??

    • @Joana Esperanço, olá, normalmente na formação há uma prova escrita no fim,que ajuda a decidir quem fica recenseador e quem fica suplente. quanto ao pagamento vê no site do Ine, é por questionário preenchido.

      • tenho 21…mas pensei que a idade mínima fosse 25…mas já tive uma formação e dissera-me que a idade mínima é 18

    • @Joana Esperanço,
      aconteceu-me o mesmo a mim… fui chamado para a tal formação de 2 dias… é esta segunda-feira e terça-feira.. 

      e agora de ler aqui alguns comentários fiquem na dúvida, já estou escolhido ou vou na realidade ainda a uma pré-selecção que é de 2 dias?????!!!!!
      estive a ver na parte dos pagamentos e têm lá que pagam 75€ ou 90€ por esses 2 dias dependendo da distancia ao local da formação?!

      sinceramente estou indeciso em relação a ir ou não…..

      • Eu ja fui esta semana a um dia de formação…e o que a coordenadora me informou foi que existiu pessoas que na primeira fase conseguiram a pontuação suficiente para irem directamente para a formação ( que pelos vistos foi a nossa) e como tal ficamos automaticamente como recenseadores…ao fim desta formação 20% ficam como substitutos e 80% vão para o campo…mas eu aconselho-te a ir porque basta estares presente neste dias para ganhares os tais 75 ou 90…mesm0 que depois desistas( pelo menos foi o que me deu a entender)

        • @Joana Esperanço, O DINHEIRO DA FORMAÇÃO SÓ RECEBES SE FORES MESMO SELECIONADO… SE NÃO FORES NÃO RECEBES. PELO MENOS FOI ISSO QUE INFORMARAM… MAS COMO DÁ A SENSAÇÃO QUE AS PRÓPRIAS DOUTORAS TAMBÉM NÃO ESTÃO PREPARADAS PARA RESPONDER A CERTAS DUVIDAS, VAMOS AO SABOR DA MARÉ. ENTRE MORTOS E FERIDOS ALGUEM VAI ESCAPAR

        • o dinheiro da formação irás sempre receber mesmo que não vás para o campo…isso a minha coordenadora frisou bem…agora se fores e desistires é que perderes a totalidade do dinheiro…mas concordo contigo quando dizes que não existe uma grande preparação…pelo menos a minha por vezes acha um pouco as coisas demasiado óbvias e inferioriza-nos um bocado…mas para quem nunca fez isto como eu e sendo ainda uma jovem é normal que tenha duvidas. 

  13. Uma vergonha, na selecção de pessoal. Afinal escolhe-se quem já tem emprego, de preferência com licenciatura, um vencimento e sem horário para fazer o inquérito à população. Vivemos num País de ricos e para ricos. os censos afinal são para os insensatos.

      • so pagam la para junho porque?inscrevi-me e mandaram um mail 5 * agora estao a pedir com urgencia recenseadores para “ontem” estão a dizer que recibos verdes para quem trabalha ou subsidios e acto unico quem nao está a receber nada.realmente dizem que e os 700 euros se cunprir os oibjectivos.agora pergunto se fazemos o trabalho agora porque pagar em junho?

        • @marina, junho ou julho é estimativa, não é só um pagamento que tem que processar, são milhares, e ainda tem que verificar se o trabalho esta bem ou mal feito. O trabalho é realizado entre março e abril, em maio verificam o que fizemos, e com sorte fazem o processamento do pagamento em junho. estas contas são faceis de fazer. Alem do acto unico e recibo verde, há outra modalidade que é o RECIBO BRANCO, ou seja, se optarem por esta opção recebem e assinam um recibo, apenas ficam com a obrigatoriedade de declarar no proximo ano no IRS. esta opção é para quem quizer, abrange também pessoas que tem outro trabalho. É PARA QUEM QUIZER, só tem que dizer que querem assim. Quem recebe fundo desemprego é obrigado a suspender.

  14. Eu fui chamada para prestar provas, juntamente com todas as pessoas seleccionadas no concelho. Agora resta saber que tipo de questões irão ser colocadas. Estou a ficar preocupada.

  15. “O INE agradece a todos por se terem candidatado, mas feita uma pré-selecção dos candidatos, optamos por outros que consideramos com perfil mais apropriado à função Recenseador dos Censos 2011.”
    Esta é a resposta tipo “chapa 5” que a maioria dos candidatos estão a receber por estes dias.
    O “compadrio” parece ser bastante grande até nesta pequena actividade muito mal paga. Faço um apelo a todos os excluídos para que não deixem de reclamar das escolhas que foram feitas. Temos o direito de saber as razões pelas quais não fomos os escolhidos. Eu fui o Delegado Concelhio em 1991. Coordenador de Freguesia em 2001 porque era Presidente de Junta. Agora, em 2011, não tenho “o perfil mais apropriado à função”. Eu por mim vou reclamar da decisão. Apelo a todos que sigam o mesmo caminho.

    • @José F Martins,

      Concordo plenamente… Eu fui entrevistador no recenseamento agricola em 2010. Fiz algumas freguesias no meu concelho e depois fui para Lisboa fazer reforço. Candidatei-me a delegado municipal, não fui selecionado, o que achei tão natural como se tivesse sido. No entanto, nenhum dos candidatos que la estavam é o delegado escolhido para o meu concelho… Candidatei-me como recenseador para a minha freguesia que conheço bem e onde ja tinha feito, como disse atrás, o recenseamento agricola há poucos meses e não fui escolhido… Mesmo estando desempregado e tendo disponibilidade total… ao contrário do candidato escolhido.. que trabalha na camara municipal… onde me parece que o delegado também trabalha ou já trabalhou… Os censos são para os amigos! Eu vou reclamar para o INE. Não é nada de pessoal mas não acheii justo

      • Boa noite.
        Fiz a formação dos censos este ano, na semana passada e também fui selecionado, mas já dei por findo a minha ligação a este acto, dado achar estranha a formação de selecção das pessoas, tendo optado por não fazer parte desta coisa indigna e abstrata.só aguardo para saber se os dois dias de formação me serão pagos ou não!!! acho que o mais sensato foi a opção tomada! coluna vertebral direita é algo muito bom e não irei deixar de comer por menos 600 ou 700€.
        cada um que vista a sua camisola e deixe de lado as esmolas que se formos contabilizar as horas despendidas, mais vale ir 1 mês lavar vidros ou limpar alguma coisa para ganhar tanto ou mais e não aturar isto!

    • @José F Martins, senhor José F. Martins reclama este ano porque não foi seleccionado mas quando foi seleccionado e era PRESIDENTE DA JUNTA não reclamou. Poi é só se reclama quando convém

  16. Eu acho que os delegados foram tão mal escolhidos como eles escolhem mal os recenseadores, eu cendidatei-me para recenseador e tenho as mesmas qualificações que têm os delegados que fizeram as entrevistas, mesmo assim acharam que não tinha os requesitos necessários uma vez que respondiam até hoje, mas penso que só responderam a quem foi aceite. A entrevista de grupo foi uma vergonha, a única diferença entre o entrevistador e os entrevistados, no caso onde estive, foi de que os delegados tinham uma cara muito séria e uma atitude muito severa, mas as perguntas e a avaliação foi mais mediocre que uma entrada para a pré-primária. Eu penso que escolheram, dentro de quem tinha o tempo todo livre e não tinha filhos no caso das senhoras, quem na opinião deles se iría sujeitar sem questionar às condições miseráveis do cargo.
    No caso deles, delegados, o trabalho é menos duro e muito mais rentável, como sempre quem tem as condições piores e se sujeita a todas as coisas que tão bem descrevem nos outros comentários leva o menor ordenado no fim do mês e ainda se sujeita a avaliações psicológicas que até um/a psicólogo/a tem de ser muito bom(a) para as fazer. 

    • @Paulo, Boa tarde! telefonaram me hoje para ir amanha a entrevista, conto ainda não sei se poderei ir! Será que me poderia dizer o tipo de perguntas que efectuaram, na entrevista em grupo e a prova como é, para ter uma ideia e me decidir se vou ou nao 😉

      obrigada!
      Cumprimentos

      • Boa tarde. Achei esta questão bastante oportuna até porque amanhã terei que realizar a dita prova e nao faço a mais pequena ideia de que tipo de questões são lá colocadas. É um pouco urgente 🙂 Obrigada

        • @Teresa, a reunião é uma utentica treta.
          as doutoras falam das condiçoes, do pagamento, demonstrando uma grande antipatia para quem coloca

          perguntas.
          depois durante 25 minutos, preenchemos os 4 impressos dos censos.

          um para o alojamento, outro para o agregado, e depois individual. mas isso também é treta, porque tenho conhecimento de pessoas que preencheram 50% da papelada, e foram
          já chamados para a formação. ou seja, escolhem quem querem.

        • Não temos de fazer uma prova com questões? É que fui informada que tinha de prestar prova amanha das 9h30 até às 11h. Desculpem o incómodo 😀

  17. Boas!
    Gostava que alguém me disse – se se é normal ainda não ter sido contactado sobre a minha candidatura para os censos 2011? Serei informado quer consiga lugar ou não certo?

    • @Pedro, Ontem fui a reunião dos censos, eu e mais 40 pessoas, em gondomar.. foi uma treta.
      Duas doutoras que só queriam despachar a situação e ficavam chateadas quando as pessoas colocavam questões. não tiveram, paciencia, nem simpatia, nem tão pouco souberam cativar, quem se dispos a fazer o trabalho principal. E em relação ao dinheiro, em media são 700eur…… mas é em media, pode ser muito menos, recebe se por inquerito… e são 7 semanas, praticamente dá 350eur por mes mas os objectivos tem que ser alcançados a 100%. E há também o facto de proibirem que uma pessoa vá acompanhada, ou seja, entramos na casa de um estranho, ou caminhamos por locais inseguros sem qualquer protecção. assim como o horário é aliatório o facto de irmos sozinhos ou a pares também devia de ser… e cada casa terá no mimino 4 impressos para responder, depois quantas mais pessoas lá viverem mais impressos há para preencher. em média se tivermos que ajudar uma familia a preencher precisamos de 35 minutos. ou seja é um trabalho mal pago… e se for para trabalhar por amor a camisola então as doutoras tem que mudar o comportamento.

  18. Eu fui contactada na segunda feira dia 7 pelo delegado municipal da minha freguesia para ir hj falar com ele para esclarecer algumas duvidas e falar sobre as formas de pagamento. alguem me sabe ddizer se a entrega dos inqueritos e feita individualmente ou se andamos a pares?

  19. Gostaría de saber se ainda estão abertas as inscrições para recenseadores dos “censos 2011”. Parece-me ver no site que estao “CANDIDATURA A DECORRER”, quando vou fazer diz que nao aceita.

  20. Boa tarde, não sei porque é que as pessoas fazem infinitamente as mesmas perguntas, se lessem o blog antes de postarem escusavam de perder tempo. Eu já fui contactada para uma reunião que será amanhã. Sei tb que quem recebe o Sub de desemprego, este será suspenso pelo tempo de duração da actividade retomando-a posteriormente, tenho tb a info que n permitirão que as pessoas acumulem actividades profissionais além desta actividade e enquanto durar a mesma. Só não tenho info de quanto tempo demorará a pagar findo o recolhimento de entrevistas e apurada a freguesia. Agradecia que quem já tenha participado me indique por favor.

  21. Boas!
    Hoje fui contactada e brevemente irão enviar-me uma sms a confirmar data, hora e local de uma reunião para expor as condições de trabalho, que será já na próxima semana. A verdade é que para a localidade que escolhi existem 40 vagas e candidataram-se 100, pelo que ainda nada está definido, estão à espera que haja ppl a desistir após a reunião. Boa sorte a todos!

  22. ola, eu estou aqui a tentar inscrever me, mas chega a parte da area de candidatura e da erro: diz que tenho que recorrer pelo menos a um ambito. eu faço isso e continua a nao dar para eu avançar, alg me pode dizer porque? preciso mesmo muito de me inscrever nisto! obrigada

  23. Agradecia p.f. me informassem quando iniciam as chamadas para os recenceadores, ou seja para a formação e para o recenseamento.
    Obrigado

  24. Participei nos Censos em 2001 e digo-vos que me arrependi profundamente.

    Não me venham com a conversa do desemprego e de que é uma boa oportunidade para ocupar o tempo.

    Da minha experiência posso relatar isto:
    – Os coordenadores eram bem pagos e eram escolhidos…pelo método do tacho…
    – Os recenseadores dividiam-se em dois grupos os espertos e os burros (onde me incluía)
    – O trabalho era dividido por zonas, umas faziam-se bem a pé e outras era impossível sem viatura própria, depois como só à noite e fim de semana é que se apanhavam as pessoas era ir todos os dias de carro para tentar encontrar as pessoas…por vezes gastava mais de gasolina do que recebia pelos inquéritos (visto que à semana, “ninguém nos queria aturar”, restava-nos o fim de semana, logo o prazo não é assim tão longo para fazer centenas de casas).
    Ouvir desaforos das pessoas, ouvir coordenadores a exigir que fossemos ali e acolá por um inquérito…não obrigado.

    Se aceitarem façam como muitos colegas…preencham vocês e inventem pessoas pois só assim são recompensados (daí a minha “burrice”, querer ser honesto e fazer tudo direitinho, mas está mais que visto que em Portugal quem é honesto, é pobre).

    P.S. -Para aqueles que me querem criticar, não se esqueçam que Portugal não é só Lisboa e Porto, pois no resto do País, ir de transporte público…devem estar malucos!! Além do mais o trabalho tinha de ser feito à noite e fim de semana…para além de não existir transportes faziam-se Kms só para entregar um inquérito numa casa…e depois diziam venham cá outro dia…e tínhamos de ir….e mais outro para levantar…..

    Ganhei efectivamente 750 euros, mas se contar o que gastei em gasolina posso dizer que me arrependi MESMO (e agora estamos em 2011 e o preço da gasolina quase que duplicou relativamente a 2001).

    No entanto, boa sorte.

    • @Miguel,

      Migue, obrigada pela testemunho.

      No meu caso concorri só para o meu concelho que é pequeno a nível geográfico, para nao ter justamente grande despesas de transporte. Mas ninguém me respondeu, nesta altura do campeonato será que já escolheram as pessoas?

  25. Com a quantidade de desempregados que existem espanta-me que a principal questão aqui levantada seja valores e a perda de subsídios. Penso que a principal preocupação deveria ser a possibilidade de ter um emprego…
    As questões aqui levantadas sobre a perda de subsídios deveria ser colocado nos locais  adequados para serem esclarecidas pelas pessoas competentes, no entanto se me permitem aproveito para informar:
    Tratando-se de trabalho por recibos verdes implica o inicio de actividade que deve ser entregue na SS e que dá origem á interrupção do subsidio.
    Após finalizarem a o trabalho devem deslocar-se as finanças onde poderão dar como encerrada a actividade e ao levarem o comprovativo  ao centro de emprego e SS (segurança social) o subsidio de desemprego será novamente activo e permanecerá activo pelo tempo que restava inicialmente.
    Tem ainda a vantagem de não ter custos nem impostos para as pessoas que iniciarem actividade pela primeira vez.
    Resumindo podem fazer uma interrupção no subsidio de desemprego para desenvolverem uma actividade através de recibos verdes.
    Informem-se de todos os pormenores junto do centro de emprego. 
    É uma oportunidade de EMPREGO que é remunerada de acordo com as horas dedicadas e que após candidatura terão oportunidade de esclarecer todos os aspectos relacionados com valores.

    • Não é necessário iniciar actividade, podem simplesmente fazer um recibo de acto isolado (ver na página das finanças como funciona) ou assinar o recibo que o próprio INE emite quando faz o pagamento (claro que no próximo ano terão que declarar o valor recebido no IRS)

    • @isabela,

      A mim espanta-me sim, que determinadas pessoas “encham” a boca (neste caso os dedos) com os desempregados e as excelentes oportunidades que desperdiçam.
      Espanta-me que achem estranho alguém querer saber do que vai viver até meio do ano e principalmente durante a duração dos censos se suspender o fundo de desemprego. 
      Espanta-me que estranhem, que na situação actual as pessoas queiram saber com o que contam, quando contam e como contam.
      Espanta-me que se chame EMPREGO a um trabalho remunerado de curtíssima duração que implica despesas que pelas informações dadas só serão ressarcidas aquando do pagamento vários meses depois.
      Realmente o que me espanta é a facilidade com que gostam de “arranjar” as vidas dos outros sem saberem que de que maneira vivem as pessoas.
      Desejo que nunca precise… ou então se calhar desejo que precise um bocadinho só do que muitos precisam.

  26. hoje em dia nos jovens precisamos de oportunidades para transmitirmos os novos idiais no pleno seculo 21 .hoje em dia infelizmente ainda temos muita dificuldade em expresar-mo-nos ..eu crechi numa familias dificil km mts irmaos mas neste momento so kero um pouko de estabilidade. eu tenho 25 aninhos e somos 7 irmaos eu a mais velha,e keria poder dar uma melhor vida para eles,e uma estabilidade melhor para o pais.

  27. GOSTAVA DE SABER COMO E QUANDO E SE SOU SELECIONADO,PARA ORGANIZAR A MINHA VIDA.TANTO A NIVEL PROFISSIONAL COMO PARTICULAR.ESPERO RESPOSTA.

    ATENTAMENTE : RICARDO CUNHA

  28. Olá, se começares a trabalhar é normal que percas o desemprego, se arranjares trabalho para sempre, perder definitivamente o desemprego e ganhas o emprego. Quanto ao fundo de desemprego, como vais prestar um serviço a recibos verdes tens de declarar início de actividade logo não recebes o subsídio. Finda a actividade podes voltar a receber.

    • @Nuno, Olá! Escrevoeste e-mail na tentativa de responder um pouco a algumas das questões aqui levantadas . Eu particpei no CENSOS 2001 como recenseadora e ralmente foi muito muito árdua a tarefa, mas no final a remuneração recompensou-me. è tudo uma questão de método. mais vale perder mais tempo ao fim de semana ( o sábado é um dia excelente porque há quese sempre alguém em casa durante o dia) do que ir todas as noites da semana pra nada. Nesses dias o melhor é preparar os inquéritos e toda a parte organizativa. Também uma outra estratégia é preencher logo o questionário com quem puder faze-lo, assim é só uma vez que vamos a essa casa e não corremos o risco de ter inquéritos perdidos, danificados, etc etc…
      Quanto aos resultados, este ano, que faço parte da equipa de coordenação, já começamos a seleccionar os candidatos e a contactr, por isso esta semana de certeza que todos os seleccionados serão contacta pois as formações serão realizadas ainda este mês. Sobre a parte dos coordenadores de freguseia serem remunerados, é claro que somos, mas sinceramente não me disseram quanto. Ah e não é verdade que todos os coordenadores sejam estupidos, pois eu já fui recenseadora e sei bem o que custa, por isso, vou estar lá para ajudar os meus recenseadores, que devem ser uns 9, dar-lhes dicas e arranjarmos estratégias para que se façam os questionários no menor prazo possível, pois por cada semana a menos há uma percentagem acrescentada ao valor final do pagamento. finalmente importa referir que só passará recibo verde quem estiver colectado. quem não estiver etrabalhar por conta de outrem assina um “recibo branco” ou “acto único” que está isento de IVA e IRS e só terá que ser declarado para IRS no final do ano junto com os restantes rendimentos, por isso compensa. Quem estiver a receber subsidio de desemprego terá que o s«uspender por uns 2 meses. ah sobre os “xicos espertos” que inventam pessoas e familias nos questionários, cuidado porque desta vez vamos controlar a qualidade de uma forma muito rigorosoa e nunca saberão se estão a ser alvo de controle e se se descobrir fraude, não é bom………………….. Espero ter ajudado com os conhecimentos que possuo sobre a matéria… e vá lá pessoal anime-se! normalmente aparecem boas equipas de trabalho e é muito fixe.

      • @Maria Cruz,
        mas não há uma epoca de entrega e outra recolha, ou poder-se-á preencher ou pedir à pessoa para preencher logo na hora de entrega do questionário? Obrigada

  29. Olá a todos, estou actualmente desempregado e gostaria de ter uma ocupação. Ao ler os comentários e respostas entendi que quem está desempregado e conseguir trabalho nos censos perde o desemprego. Okei. Mas perde o desemprego enquanto esta ocupação durar e em seguida volta para o desemprego? ou perde definitivamente o desemprego? alguem me pode responder? Obrigados

  30. Gostaria de saber se as candidaturas ainda se encontram abertas, qual a remuneração e o horário de trabalho.

  31. Olá a todos. A candidatura para colaborador dos Censos terá que ser feita no site do Instituto Nacional de Estatística. Aqui fica o link directo para fazerem as vossas candidaturas: http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_candidatura

    Boa sorte

    • A candidatura é feita pelo sistema informático: www,ine.pt.

      Quem escolhe os candidatos é o Presidente da Junta e elementos do INE.

    • @Octávio, amigo octávio isso é natural tém é que insistir até aparecer-lhe a confirmação da aceitação da tua candidatura bom trabalho e bom ano

    • Quem for selecionado para ser recenseador ou coordenador e estiver a receber subsídio de desemprego, rendimento mínimo ou reforma, deixa de receber.
      Também fica sujeito a IRS. Por isso, para os desempregados e reformados, não compensará candidatarem-se.

      Quanto aos honorários, também gostaria de saber o montante.

  32. alguém sabe onde nos candidatamos? è que as candidaturas aqui dizem que fecham dia 15 de Novembro, ou fecharam…

    • Daaaaaaaa sabes ler a data de 15 de Novembro è para a ref 1 e a de 25 de Dezembro é para a ref 2 Para as funcoes de delegado Municipal e Regional «. O prazo para as cadidaturas das funcoes dos censos é de 03 de Janeiro 31 de Janeiro.

  33. Isto realmente não dá para entender!! Se não são propostas medidas é porque o país não anda.. E quando são propostas tem sempre que haver defeitos… Vejam lá se querem que vos seja levado o trabalho a casa também!!! É por esta forma de pensar do Português que há tantos emigrantes a viverem bem em Portugal!! Façam-se à vida!!! E boa sorte para quem se candidatar..

  34. Gostaria de saber ,se estando uma pessoa a receber fundo de desemprego, caso consiga trabalhar nos censos perde o direito ao fundo de desemprego.

      • Para que se pôem a dar palpites se não percebam nada do assunto. Fica a saber que só paga IRS quem ganha mais de 8.000,00€ por ano. Achas que alguém vai ganhar isso nos Censos? Se fôr a acumular com outros rendimentos e tiver que pagar IRS ainda bem é sinal que ganhou muito. Só paga muito IRS quem ganha muito. Eu não me importava de pagar muito IRS era sinal que ganhava bem.

  35. REALMENTE ERA BOM SABER QUAIS AS CONDIÇÕES PROPOSTAS, TAIS COMO ORDENADO, HORÁRIOS, FUNÇÃO A DESEMPENHAR E TUDO O QUE POSSA INTERESSAR A QUEM SE INSCREVE, REALMENTE PREFIRO TRABALHAR, MAS QUERO SABER EM QUE CONDIÇÕES (PARECE-ME RAZOAVEL)

  36. Srª Dina, o requisito diz preferencialmente licenciado mas não tem que ser necessariamente. Eu já andei a trabalhar nos Censos e não era licenciada. Quanto à viatura ou outro género de transporte, poderá sempre optar por usar os transportes públicos. Eu andei a pé até porque temos de andar de casa em casa. Mas antes isto do que estar em casa de papo para ar è espera que alguma coisa nos caia do céu. Pelo menos trabalha-se, mesmo que seja apenas por 6 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA