desemprego

Muitas pessoas desesperam quando se encontram desempregadas quando passam repentinamente a terem todo o tempo do dia-a-dia disponível.

Este facto aumenta em muito efeito psicológico típico do desempregado.

Muitos psicólogos recomendam que o factor principal para combater o desemprego é essencialmente ocupar todo ou parcialmente esse tempo livre.

Pense no desemprego como uma fase temporária, e que com trabalho e esforço nada é impossível de ultrapassar.

.

.

Lista de medidas que se podem fazer para ultrapassar a fase do desemprego

Primeira medida

Cursos, cursos rápidos de um dia. Não importa o conteúdo, você vai conhecer gente. E sempre é importante conhecer gente.

Segunda medida

Trabalho voluntário. Procure uma ONG e comece a dar a sua colaboração. Além de conhecer mais gente, você vai melhorar o seu currículo. As grandes empresas estão cada vez mais ligadas em responsabilidade social.

E você poderá dizer, numa próxima entrevista, sem precisar inventar, que você se dedica ao trabalho comunitário.

Terceira medida

Cuide de sua saúde. Faça um checkup, um tratamento dentário. São cuidados importantes, que a maioria dos executivos não toma, porque diz que não tem tempo. E você agora tem tempo.

Quarta medida

Faça exercícios, caminhe todos os dias. Isso ajuda a relaxar. Como mandar currículos e ligar para quem não atende, só ajuda a stressar, uma coisa compensa a outra.

Quinta medida

Leia muito e aproveite para se actualizar. Se você tem um micro, descubra aquela infinidade de pequenos truques dos programas que você usa nas empresas, como o Word, Excel e o Powerpoint.

A maioria das pessoas que utiliza esses programas, não conhece nem 20% do que eles podem oferecer.

.

Hoje, ficar desempregado não é uma vergonha. É apenas uma circunstância. Ninguém perde tempo nesta fase, até porque a mudança pode trazer muitas vantagens e soluções que anteriormente nunca se pensaria serem possiveis.

DEIXE UMA RESPOSTA