escaloes irs 2013

O impacto da Troika faz-se de novo sentir e o governo decidiu aumentar as percentagens dos escalões de IRS já com efeitos a partir de Janeiro de 2013

Aos novos escalões de IRS acresce uma sobretaxa de 4% cobrada mensalmente e ainda, no caso do último escalão de IRS, uma taxa de solidariedade de 2,5%.

Os escalões de IRS são reduzidos de 8 para 5, tal como o Governo tinha já anunciado. O primeiro escalão, com os rendimentos mais baixos, até 7 mil euros anuais, fica sujeito a uma taxa de 14,5%, em vez dos anteriores 11,5%.

O segundo escalão, para rendimentos entre 7 e 20 mil euros, passa a pagar uma taxa de 28,5%, e o terceiro escalão, para rendimentos entre 20 e 40 mil euros, paga uma taxa de IRS de 37%. Será nestes dois escalões que recairá o grosso dos trabalhadores portugueses.

Os rendimentos entre 40 e 80 mil euros correspondem ao quarto escalão, passando a pagar uma taxa de 45%.

O escalão mais elevado, para quem aufere mais de 80 mil euros por ano, sobe para 48%.

Segundo os cálculos da Deloitte, as novas regras tiram entre 3,8% e 8,7% ao salário líquido dos portugueses.

.

OS NOVOS ESCALÕES DE IRS 2013

    • Até 7.000€ – 14,5%
    • Entre 7.000 e 20.000 – 28,5%
    • Entre 20.000 e 40.000 – 37%
    • Entre 40.000 e 80.000 – 45%
    • Mais de 80.000 – 48%

.

O MODELO ANTERIOR DE IRS

    • Até 4.898€ – 11,5%
    • Entre 4.898 e 7.410€ – 14%
    • Entre 7.410 e 18.375€ – 24,5%
    • Entre 18.375 e 42.259€ – 35,5%
    • Entre 42.259 e 61.244€ – 38%
    • Entre 61.244 e 66.045€ – 41,5%
    • Entre 66.045 e 153.300€ – 43,5%
    • Mais de 153.300€ – 46,5%

DEIXE UMA RESPOSTA